Para Refletir

Instagram: Uma Relação de Amor e Ódio

instagram-1789189_960_720

Já tem bem tempo que estou enrolando pra fazer este post e ironicamente foi a melhor coisa que aconteceu. Isso porque a minha relação de amor e ódio com o Instagram que já existia, só aumentou.

Um duelo dentro de mim sobre a “melhor” rede social já inventada trabalha na minha mente como um cabo de guerra: ficam pontos positivos puxando a corda para um lado, enquanto pontos negativos puxam para o outro.

O Instagram foi – e ainda é – a melhor rede social de fotos já inventada. Ele era perfeito! Você seguia pessoas que admirava ou gostava de ver as fotos e não se sentia na obrigação de ser seguida de volta. Era uma coisa simples, a medida que as pessoas postavam fotos novas, iam aparecendo no seu feed em ordem cronológica e a comercialização, publicidade e afins não eram permitidas. Era uma rede social fácil, simples e perfeita… até que aconteceu o pior: a Zuckerberguização do sistema!

Sim! Ele, Mark Zuckerberg, o rei da facebookzação de todas as redes sociais possíveis na internet comprou o Instragram e modificou tudo o que a gente mais gostava na rede.

Hoje, o feed não é mais em ordem cronológica e sim por ordem de relevância, o que faz com que as pessoas mais relevantes que você segue apareçam com maior frequência no seu feed, ao invés de aparecer as fotos de todas que você segue.

Injusto! Se você não é famoso, não tem milhares de seguidores, milhares de curtidas, pode ter certeza de que você vai passar despercebido pela maioria dos seus seguidores, o que significa nadar, nadar, nadar e morrer na praia.

Vou ser mais clara! Você posta lá a sua fotinha e a maioria dos seus seguidores não a receberão, pois seu nível de relevância não é lá essas coisas e como ninguém irá vê suas postagens a menos que entre em seu perfil, cada vez menos curtidas você receberá. Aí você imagina que chato é para nós que trabalhamos arduamente para promover conteúdo, fazer fotos dignas, nos esforçamos para chegar na hora de postar e a maioria dos nossos seguidores não receber nossas fotos. Frustrante, não?

Aí agora, com o plágio descarado do Snapchat, no InstaStories as pessoas tiram print de seus feeds e pedem para que as pessoas vão até a página delas para dar uma moralzinha para as fotos novas que foram postadas e o Instagram não entregou para todos os seus seguidores.

Isso, além de humilhante, é muito desagradável. As pessoas tem que ficar pedindo para o público ver o trabalho que elas se dedicaram para fazer e a rede social simplesmente boicota tudo.

Minha relação de amor e ódio se dá início aí. É fato que o Instagram é e será por um bom tempo a rede social fotográfica dominante e ela sempre foi boa do jeito que era. Claro que algumas atualizações e modernizações são importantes e necessárias para que ela acompanhe o ritmo acelerado em que a internet caminha, mas imitar outras redes sociais (como o facebook, por exemplo) é extremamente desnecessário.

instagram-1936912_960_720

Cada rede social tem sua finalidade e fazer com que todas tenham as mesmas características só faz com que os usuários fiquem perdidos e desestimulados a estarem presentes em todas, já que elas tem em comum as mesmas funções.

Aí está o resumo de tudo o que eu sinto. Eu não uso o Facebook porque não gosto das ferramentas que a rede social apresenta e nem da linha que ela segue, então é natural que eu não queira estas mesmas características no Instagram ou no Twitter, que são redes sociais que me identifico, pois cada uma funciona de um jeito completamente diferente da outra.

Não é porque uma rede social está fazendo sucesso e outra começa a fazer sucesso também que tudo tem que ser igual, com as mesmas opções. Se está fazendo sucesso assim o ideal é deixar do jeito que está e ir fazendo pequenas melhorias a medida que o público sinta necessidade daquilo. Mas colocar ações em que praticamente todos os usuários vem reclamando não é sinal de sucesso, mas sim uma caminhada – ainda que lenta – para que surjam novas redes para substituir aquelas em que as pessoas já não vêem tanta graça.

Eu acho tudo isso muito triste, pois junto com o Twitter, o Instagram é a rede social que mais gosto de usar, mas venho me sentido frustrada e desmotivada a continuar me dedicando a fazer boas fotos e acompanhar o progresso delas se cada vez está pior o engajamento.

symbol-2088735_960_720

Creio que esse sentimento não é só meu pelo que tenho acompanhado de críticas de outras pessoas em relação a este mesmo assunto. Até então, não havia sentido tanta diferença nas minhas curtidas e visualizações, mas do final do mês passado para cá meu engajamento caiu muito e estou sentindo na pele o que vejo grande parte dos usuários comentando.

Chato, né?! Vamos esperar pra ver onde toda essa atualização – que não pára nunca- vai chegar e, quem sabe, melhore já que as críticas por parte dos usuários da rede vem crescendo significativamente…

O que vocês pensam sobre isso tudo? Quero saber se é impressão minhas ou se tem alguém comigo nessa!

Beijos a todos que me acompanham aqui e lá no Insta, Carolina.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s