About Me

O que 2016 me trouxe?

Uau! Muita coisa! Que ano!!!

2016-Typography-3.png

Durante todo o ano de 2016 eu escutei pessoas falando que o ano precisava terminar de qualquer maneira, porque tudo estava dando errado. E como foi 2016 pra mim?!

SEN-SA-CIO-NAL!

Parece até que estou fazendo tipo e querendo me gabar de ser a sortuda do pedaço, mas não é. A verdade é que me propus à alcanças algumas metas e objetivos e graça a muito foco e força de vontade eu consegui alcançar a maioria deles e conquistei até mais coisas que esperava.

letters-1724704_960_720

Minha principal meta para 2016 era conseguir me formar depois de tudo o que passei durante a faculdade (tive problemas de saúde na família e vários outros contratempos). Então esse era o foco total até a metade do ano, que foi quando eu consegui alcançá-lo e praticamente não acreditei.

Outra meta para esse ano era conseguir, “de fato”, montar o blog. Ele não está visualmente do jeitinho que eu quero e eu nem posto com tanta frequência quanto gostaria, mas o objetivo inicial que era colocar ele no ar e ir expondo minhas ideias foi cumprido e isso me faz muito bem. O blog é a minha válvula de escape, o que eu realmente goto de fazer, então, só de ele estar no ar e aos pouquinhos eu ir colocando ele do meu jeito já me deixa tão satisfeita.

Uma meta um pouco estranha que eu coloquei para 2016 era largar meu antigo trabalho. É estranho falando assim, mas é porque ele me fazia emocionalmente mal, mas eu não podia largá-lo antes pois dependia do dinheiro dele para pagar a faculdade, mas quando foi em janeiro desse ano eu criei coragem, peguei o dinheiro que havia juntado durante o tempo que estava trabalhando e quitei as parcelas adiantadas que faltavam até o final da faculdade. Cheguei no dia seguinte e pedi pra ir embora. Isso me deu uma paz de espírito que nenhum dinheiro do mundo paga.

Se tem uma coisa que eu detesto e falo de boca cheia porque eu detesto e detesto mesmo, é fazer atividade física. Mas eu sei de todos os benefícios à saúde, mente e ao nosso dia a dia e por isso que eu me propus a fazer alguma atividade física em 2016. E consegui! Comecei fazendo caminhadas, aí entrei no Pilates e fazia três vezes na semana, mas como os horários eram fixos, estava difícil de conciliar com meus outros compromissos, aí acabei entrando para a academia mais no final do ano e estou até hoje. Apesar de toda essa aversão minha às atividades físicas, esse é um tipo de coisa que pretendo fazer pra sempre, mesmo que somente algumas vezes na semana, pois isso realmente nos faz bem e movimentar o corpo é fundamental para o melhor funcionamento dele.

E por último, me dei a importante meta de me alimentar melhor. Eu não sei se eu já comentei aqui antes, mas eu tenho péssimos hábitos alimentares, meu paladar é completamente infantil, não como vegetais e, apesar de não ter nada contra as frutas, nunca consumia por preguiça mesmo (industrializados são sempre mais práticos, baratos e duram mais – claro, por conta dos conservantes). Mas chegou num ponto onde eu, sendo adulta, precisava me conscientizar de que isso estava me fazendo cada vez mais mal. Procurei uma nutricionista e inseri alimentos novos, mais frescos e mais saudáveis na minha dieta. Sei que ainda tenho muito chão e muito o que melhorar, mas consegui dar um grande passo e confesso até que não foi tão difícil assim.

No início do ano, quando saí do meu emprego eu comentava com as pessoas que 2016 seria meu Ano Sabático, que tiraria este ano para cuidar da minha mente e me conhecer melhor. Me lembro que minha amigas ficavam falando pra eu parar de falar isso porque senão eu ia pirar levando essa coisa de Ano Sabático tão a sério. Claro que tudo não passou de uma brincadeira minha em relação ao tema, mas agora que está completando um ano dessa “brincadeira”, eu vejo que realmente funcionou e no quanto isso me fez bem.

É claro que nem todo mundo pode fazer como eu e se dedicar um ano inteiro a ficar sem trabalhar, mas eu acho que todo mundo merece isso. Que não seja um ano, mas alguns meses ou o tempo que cada um achar necessário.

Antes de terminar esse post falando sobre minhas conquistas desse ano, não poderia deixar de comentar sobre o casamento, é claro!

Esta é uma conquista que aconteceu fora do planejado, de forma surpreendente, mas que está sendo trabalhada com muito amor e que certamente entrará na lista das metas para 2017.

Bem, me sinto muito feliz ao chegar no final deste post e perceber que consegui levar a diante minhas propostas e no quanto isso me fez bem. Metas propostas e cumpridas é uma sensação indescritível.

1915374_790914691036600_7418451410302601923_n

Espero que vocês tenham tido a mesma sorte que eu em 2016. E aí, já pararam para analisar tudo o que conseguiram realizar da lista de metas?!

Beijos e mais beijos, Carolina.

 

 

Anúncios

Um comentário em “O que 2016 me trouxe?

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s